Em 2017, descubra quais são os 11 bartenders que você precisa conhecer para tomar bons drinques

Distante dos holofotes às vezes tão injustos da grande mídia estão bartenders incríveis que você ainda não se permitiu conhecer, sentar e provar um drinque.

De quebra,conheça um pouco dos bares que eles trabalham e saiba porque beber um coquetel desta seleção de bartenders é quase que uma obrigação para o seu próximo ano.

Então, abandone aquela revistinha de bares do jornal e caia no mundo real, onde os bartenders estão dando um show todos os dias atrás dos balcões. Confira abaixo:

Caio Bonneau

Caio Bonneau / Jundu Praia Bar – Ubatuba caio-bonneau

Caio é daqueles boas surpresas quando você está despretensiosamente tirando suas férias no litoral.
Morador do paraíso de Ubatuba por opção (e pode vir proposta de onde for, de lá ele não sai), é um estudioso dos ingredientes típicos da região da Serra do Mar e apreciador de cachaças.
Foi vencedor do campeonato nacional Arte da Cachaça, realizado pela Cachaça Leblon e passará a temporada de verão servindo seus coquetéis no restaurante e bar Jundu Praia Bar. . .

David Barreiro

David  Barreiro / Guarita – São Paulo

david-barreiro(atualização/ David deixou o Guarita em jan/2017) 

O Guarita abriu em 2016 e tem o ótimo Jean Ponce na sociedade e concepção do bar.
Mas bar bom não se faz com um bartender só.
David é braço direito e esquerdo desse boteco incrível que tem como dobradinha a cozinha do chef Greg Caisley.
David tem mão calibrada, papo bom e experiência de sobra para guiar os cliente do balcão por uma bela jornada etílica noite adentro.

Edson Jr

Edson Jr / Lambe Lambe – São Paulo

edson-jr(atualização/ Edson Jr deixou o Lambe Lambe em jun/2017 para assumir o balcão do Sarau) 

Edson é o chefe de bar do grupo Modi, que possui os restaurantes Modi e Lambe Lambe, que estão em plena expansão e devem abrir 3 casas nos próximos meses.
Ou seja, é bem provável que você sente para almoçar em uma das casas e poderá provar um drinque da casa.
Foi bartender do ótimo Bar., LAbsolut e Side e tem conhecimento em cachaça e café.
A carta do Lambe Lambe traz releituras da coquetelaria brasileira com um toque pessoal e que valem a pena.
Destaque para o Caju Amigo e o Cynar Tonic.


Fabián Martinez / Creative Bar  – Rio de Janeiro

fabian-martinezBartender uruguaio residente no Rio de Janeiro a mais de uma década, Fabián é da geração de flair bartender dos início de 2000, sendo um dos expoentes da categoria no país.
Trabalhou em diversos bares na Cidade Maravilhosa até abrir seu próprio negócio no Recreio dos Bandeirantes, o Creative Bar.
Um dos primeiros bartenders a abrir seu bar no RJ, Fabian esbanja versatilidade no balcão, com coquetéis arrojados e hospitalidade garantida.

Felipe Leite

Felipe Leite / Bar do Jiquitaia – São Paulo

felipe-leiteFelipe ainda é bartender jovem, embora tenha tido experiências em bares de nome como Riviera e Z Carniceria.
Fez parte da inauguração do Bar do Jiquitaia, considerado um dos melhores bares abertos em 2016, no andar superior do excelente Restaurante Jiquitaia.
Ele é responsável por tocar com excelência a carta de coquetéis do bar e atender uma clientela exigente da região.

José Ronaldo

José Ronaldo / Frank Bar – São Paulo

jose-ronaldo

Ao lado de um grande bartender sempre tem….um grande bartender aprendiz.
Com técnica apurada e olhando para o futuro sem pressa, José Ronaldo vai firmando seu espaço na coquetelaria do Frank Bar, capitaneado pelo incansável Spencer Jr.
Ronaldo, que esteve nos balcões de Casa Café e Mik, acaba de conquistar o campeonato Most Imaginative Bartender 2016 realizado pela Bombay Sapphire e se prepara para disputar a final latina no México.


Matheus Cunha
/
Juniper 44º – São Paulo

(atualização/ Matheus deixou o Juniper 44º em out/2017)
matheus-cunha
Matheus Cunha não é novidade para os amantes de coquetéis na última década.
Esteve à frente de bares como The Sailor Pub, Nazca Bar, Jet Lag Pub, Casa 92 e em 2014 venceu o Vive La Révolution, campeonato realizado pela Grey Goose Vodka.
Com uma coquetelaria afinada e criativa, Matheus encanta pelo atendimento e acerto nas sugestões. Em fevereiro, inaugura seu próprio bar o Juniper 44º, no bairro do Itaim, em São Paulo. .

Plínio Silva

Plínio Silva /  SubAstor.RJ – Rio de Janeiro

plinio-silva

Plínio Silva, mais conhecido como Soldado, é chefe de bar do ótimo SubAstor, speakeasy carioca com matriz em São Paulo, tem formação militar e é por isso que é reconhecido pela sua disciplina e empenho no exercício da função.
Plínio esteve atrás do balcão do NOH Bar e à convite de Fabio La Pietra, que assina a carta do grupo paulistano, foi contratado para inaugurar o Sub Rio.

Roger Bastos

Roger Bastos / Meza Bar – Rio de Janeiro

roger-bastos

Roger é um dos bartenders mais carismáticos da comunidade de bar do Rio de Janeiro.
Começou sua carreira no próprio Meza Bar, oito anos atrás, onde ficou por quatro anos junto ao chefe de bar Gustavo Stemler.
Seguiu seu caminho para o Miranda, casa de shows da Lagoa, onde foi chefe de bar por 3 anos.
Retornou para o Meza Bar neste ano e está no balcão quase todos os dias atendendo os clientes com técnica e um sorriso inconfundível.

Thiago Pereira

Thiago Pereira / Sala Especial 92 – São Paulo

thiago-pereira2(atualização/ Thiago deixou o Sala Especial em out/2017 )

Sala Especial 92 foi inaugurado em maio de 2015, com carta criada pelo mixologista Marcelo Vasconcelos.
Hoje, Thiago Pereira que estava no início como bartender é o atual chefe de bar.
Com passagens por bares como Le Bilboquet, Panorama e Menys, Thiago tem se firmado nos balcões badalados da cidade paulistana.
Criativo e com ótimo atendimento de balcão, Thiago Pereira tem de tudo para despontar nos próximos anos como um bartender maduro e que evoluiu em casas com bons profissionais.

Tom Oliveira
.
Tom Oliveira / Home SP – São Paulo

(atualização/ Tom  deixou o Home SP em set/2017 para assumir o balcão do Santo Trago em SC) tom-oliveira

Tom Oliveira é o representante da noite underground de São Paulo.
Respirando o clima da agitada Rua Augusta, Tom é o chefe de bar do Home SP, casa que abriu as portas em meados de 2016 e é dos mesmos sócios do bar Hotel, no mesmo quarteirão.
Tom Oliveira tem mão afiada, drinques criativos num ambiente despojado.
Para acompanhar, experimente os hambúrgueres da casa.
Se estiver mais tranquilo, arrisque um drinque com cerveja, e não vai se arrepender.