Waqar Pisco
Comente!

Quando meus amigos viajam, é claro que peço bebidas, porém, não peço uma bebida, mas que eles encontrem, no meio da sua viagem, alguma bebida, que nunca viram na vida e que seja da região de onde ele está. A partir daí, o que vier é lucro! Seja uma garrafinha de 20 pesos, ou um imponente whisky de 200 euros, a experiência é sempre fabulosa.

Foi dessa forma que conheci o mais que perfeito Waqar, pisco chileno, das mãos do meu amigo Danilo Lodi.

Quando fui presenteado, logo abri a garrafa que nunca tinha ouvido falar e dei um belo gole. Poucas vezes me senti tão encantado por um líquido como naquele momento. E mais, não sabendo nada sobre a marca, não havia o peso do marketing sobre a minha opinião.  waqarpisco

Infelizmente, pisco é aquela bebida que a gente acha que conhece, mas no fundo, não sabemos nada. Basicamente, Pisco é uma aguardente de uvas, comumente encontrados no Peru e no Chile, países que discutem a propriedade sobre o nome, esse que já vem sendo utilizado desde 1500 e bolinhas.

Pesquisando mais sobre a bebida, descobri que em 2012, Waqar conquistou o prêmio de melhor pisco do mundo no reconhecido San Francisco World Spirits Competition e em 2014 foi além e conquistou na mesma competição o prêmio de Best Unaged White Spirit, (melhor destilado sem envelhecimento).

Descobri também que esse pisco de 40% de graduação alcoólica, fabricado em Tulahuén, na região de Coquimbo, ao norte de Santiago, é produzido desde 1850 pela família Camposano, hoje na quinta geração, que fermentam e destilam as uvas brancas do tipo Moscatel para chegar no resultado espetacular desse pisco.waqarpisco3

Infelizmente ainda não está a venda no Brasil, e a única garrafa se encontra à disposição no Casa Café, em Pinheiros, São Paulo.

Venham provar e bater um papo no balcão!

 

Curso de Mixologia Molecular em SP
1 Comentário

Mais uma turma do Curso de Mixologia Molecular está sendo formada em São Paulo com novo formato, metodologia e técnicas.

Os módulos são independentes e em cada um deles serão apresentadas as técnicas de maneira prática, com embasamento teórico. Investigaremos a fundo os detalhes de cada processo que define a mixologia molecular como uma tendência criativa e não reprodutiva.

F

Conheceremos a história da mixologia molecular, seus personagens mais importantes no Brasil e no mundo, as escolas das técnicas mais importantes.

Conheceremos também cada ingrediente individualmente, analisando as características principais de cada um e a influência deles em cada método.

Vote no melhor bartender do Brasil
5 Comentários

A revista Prazeres da Mesa acaba de lançar a sua votação para o Prêmio de Melhores do Ano, um dos prêmios mais importantes e relevantes da gastronomia brasileira.

Nessa edição, a votação aumenta de 18 para 22 categorias, sendo que 20 delas contam com o voto popular, e uma delas elege o melhor bartender do país segundo a revista.

Para votar é fácil: acesse o link da Votação Prazeres da Mesa. Porém, como votar? Em quem votar? Porque votar?

Esse post te ajudará a tomar essa difícil decisão.

prazeresdamesa

alexmesquitaAlex Mesquita  - Paris Bar – RJ

O primeiro finalista é o experiente Alex Mesquita, do belo Paris Bar, bar localizado no bairro do Flamengo, zona sul da cidade maravilhosa. Dentro da histórica Casa de Cultura Julieta de Serpa, o Paris Bar é o mais próximo que se pode chegar de um speakeasy no Rio de Janeiro.

E é lá que Mesquita apresenta seu vasto arsenal de taças, copos e utensílios art deco, sua coquetelaria perfomática e entusiasta que vem transformando o Paris Bar em um experiência única no estado.

Boa sorte carioca!

 

Jean Ponce  - D.O.M. – São Paulo
jeanponce

O segundo finalista é o gaúcho Jean Ponce, presente na cena de bares paulistanos na última década e se firmou na coquetelaria através do grupo de restaurantes de Alex Atala. Jean, na verdade, é braço direito de Atala quando se trata de bebidas.

Jean é apresentado na votação como bartender do D.O.M. e Riviera. E de fato, tem grande participação no sucesso das casas, além de outras do grupo. Porém, como a física é clara e um corpo não ocupa dois lugares no espaço ao mesmo tempo, receio em dizer que se o Jean é bartender de algum lugar, ele se chama D.O.M.  E o faz muito bem.

Sua coquetelaria clássica e inventiva, com referências claras à cultura etílica brasileira fazem dele uma referência de um futuro que está por vir.

 

kennedyKennedy Nascimento – Epice  - São Paulo

O terceiro finalista é o menino prodígio, Kennedy Nascimento, do restaurante Epice, de Alberto Landgraf.

Podemos dizer que Kennedy está em sua melhor forma profissional de todos os tempos. O que não podemos, é dizer que essa é a sua melhor forma profissional. Quando se trata de um garoto de 21 anos, assim como um bom vinho,  devemos aguardar ansiosamente para ver como o tempo o modificará.

Kennedy atende individualmente todos os quatro clientes que sentam por vez no seu balcão, com conhecimento, técnica e performance de primeiríssima ordem.

 

PMarco De la Roche – Casa – São Paulo

O quarto finalista desta competição sou eu. A questão é que não sou, não me considero bartender de fato. Assim como vocês podem ler em “Não. Eu não sou bartender” escrito um ano atrás, entendo e respeito a minha condição de empresário, mixologista e propagador da cultura da coquetelaria pelo Brasil.

O que não me coloca atrás do balcão diariamente e sendo assim, não me coloca na justa condição de competir com essas quatro feras.

Agradeço imensamente o reconhecimento, a indicação, mas é por respeito e desejo de melhoria na profissão que peço para não votarem em mim e sim em uma dessas quatro excelentes escolhas que temos.

 

spencer

Spencer Jr – Isola JK – São Paulo

O último indicado deste prêmio é o competente Spencer Jr, do Isola bar, localizado no shopping JK, em Sâo Paulo. Spencer tem passagens em diversos bares paulistanos, mas foi atrás do balcão do extinto Myny Bar que se consagrou. Hoje, comanda o Isola com mais maturidade e concentração que no primeiro momento.

Spencer é muito do que o Brasil precisa na coquetelaria. Competência em low profile, projetos à longo prazo e balcão. Precisamos de bartenders no balcão, para que as pessoas possam reconhecer a pessoa atrás do bar.

Agora é com você! Aproveite e ajude a escolher o melhor bartender do Brasil da Prazeres da Mesa 2014.

delaroche.rodape

Página 1 de 2221234567»