Ilha Drinks | Campeonato em Fernando de Noronha
Comente!

olhadrinksIlha Drinks é um evento anual realizado na paradisíaca ilha de Fernando de Noronha, que reúne bartenders e especialistas de todo o Brasil para promover um campeonato de coquetelaria e disseminar a cultura de coquetelaria no arquipélago.

Na sua terceira edição, será realizado nos dias 17 a 23 de junho e trará nomes importantes da coquetelaria nacional para palestrar para todos os bartenders da Ilha, como Marcelo Serrano, Marco De la Roche, Luciano Guimarães, Maria Bento, Junior WM, Gigi Costa, Samira Ayrolla, Marcello Gaya, Mauricio Campos, Roselayne Uai e Luiz Pagano.noronha2 O evento que tem como organizador e disseminador Waldir Calado Jr, bartender da ilha será dividido em um Campeonato realizado na Pousada do Zé Maria e diversas palestras e oficinas em bares e restaurantes da região. Se você é morador de Noronha, já pode se inscrever gratuitamente para o campeonato. A programação ainda conta com três festas com DJS e cantores da Ilha.

O Mixology News estará no evento cobrindo diariamente tudo o que acontece na ilha mais linda do mundo e informando a vocês todos os detalhes.noronha1

Os apoiadores do projeto são: Pousada Zé Maria, site Amo Noronha, Sebrae e adminstração da Ilha de Fernando de Noronha.

As marcas de bebidas que patrocinam a iniciativa são: Leblon Cachaça, Ballantine’s, Chivas, Beefeater, Absolut, Havana Club, 43, Capel, Jagermeister, Concha Y Toro, 1883, Paulaner, Patrón, Chandon, Amarula e Wild Hibiscus.

A Caipirinha fora da lei | Carolina Ferraz
3 Comentários

A caipirinha apresentada no programa “Receitas da Carolina” do canal pago GNT, causou indignação na comunidade de bartenders, especialistas em cachaça e amantes da caipirinha.carolina

O episódio nº12 da primeira temporada tenta, erroneamente, preparar uma caipirinha, mas peca por despreparo em todos os aspectos tanto ao apresentar como ao executar a receita tradicional brasileira.  A ficha técnica do site sugere:

– Prepara a caipirinha com vodka, ao invés de cachaça.
– Sugere que 3 limões sejam cortados e colocados dentro do copo, algo fisicamente impossível.
– Sugere que 100 ml de vodka seja colocado no copo, o que sabemos que é incomum.
– Sugere que o limão seja macerado e só depois adicionado o açúcar.caipirinha

Isso nunca seria uma caipirinha. Nunca.
No máximo uma tentativa infeliz e ruim de denegrir a imagem, história e sabor do drinque nacional brasileiro.

Por decreto, Caipirinha nada mais é do que cachaça, limão e açúcar.
O parágrafo 5 do artigo 68 do decreto 6871, de 4 de junho de 2009 define isso e garante à população brasileira o direito de consumir o que foi pedido.

O cachacier Maurício Maia, comentou: “É deprimente assistir ao programa da Carolina Ferraz tentando fazer uma mixórdia que ela erroneamente chamou de ‘caipirinha’. Uma total falta de informação da atriz. Ela coloca vodka e ainda diz que a melhor caipirinha é a brasileira….Existe outra?!”

Leandro Batista, cachacier do restaurante Mocotó comentou: “Isso tem que acabar. Os brasileiros precisam saber que a caipirinha é uma bebida genuinamente brasileira, ou seja, sua receita original é limão, açúcar, gelo e CACHAÇA, se mudar o destilado, por lei não é mais considerada caipirinha.”

A Cúpula da Cachaça, grupo de estudos dedicado à pesquisa e à iniciativas pela valorização da bebida nacional brasileira, repudiaram o que chamaram de “mais uma agressão à cultura brasileira, a prova do despreparo da produção do canal, que incorre numa ilegalidade, e o profundo desrespeito pelo destilado nacional brasileiro, a cachaça.”

Segundo Felipe Januzzi, do site Mapa da Cachaça“Carolina Ferraz é mais uma brasileira que, até sem saber, boicota um produto nacional. Infelizmente, é mais uma pessoa que não sabe o que é uma boa caipirinha. A vodka está roubando espaço, ganhando mercado e fama às custas de uma receita tradicionalmente brasileira. Carolina, assim como muitos outros, não é a causa, mas a consequência de uma categoria que precisa investir mais em qualidade, comunicação e educação”.

O mestre Derivan de Souza, uma das maiores lendas na coquetelaria brasileira e uma das pessoas mais importantes na consolidação da caipirinha no cenário internacional, SABE como fazer uma caipirinha. Siga Mestre Derivan.

O Mixology News reitera o sentimento dos especialistas acima e de todos os brasileiros que se sentiram ofendidos pela postura, despreparo e irresponsabilidade do programa “Receitas de Carolina” do canal GNT desrespeitando além da história, cultura e valores brasileiros um decreto federal.
Exigimos retratação pública, no mesmo espaço e tempo cedido ao programa, para sanar o desserviço prestado pelo programa à população brasileira. #RetrataGnt

 

Consertada – Bebida oficial de Bombinhas
1 Comentário

A Lei Municipal 1318/2013, aprovada em 23 de maio de 2013 garante:

A Consertada é uma bebida típica cultural de Bombinhas, e é feita a base de café, açúcar, cravo, canela, gengibre, erva doce e cachaça, aconsertada

Bombinhas é uma pequena cidade do litoral catarinense, de apenas quinze mil habitantes, o suficiente para criar uma cultura própria e uma deliciosa
bebida típica, preparada por gerações de “consertadeiras”, as donas de casa que costumam cozinhar a cachaça com café.

É uma bebida super simples de fazer, o que não quer dizer que você conseguirá chegar no sabor de panela que as consertadeiras de Bombinhas conseguem.

O curioso nome de Consertada se dá, pelo resto do café de consumo das famílias, que juntavam para preparar o licor e servir aos seus visitantes em momentos de descontração e datas festivas como o Terno de Reis, que acontece no fim do ano.

Acima, você verá como se prepara uma Consertada com Dona Salete faz uma ‘consertada’ em reportagem de  Taisa Sganzerla, em matéria para a Revista Vice.

Página 1 de 2281234567»