Quer saber o que vai mudar nos bares do Brasil durante o ano de 2013?!
Como os bartenders estão direcionando seu trabalho? O que vai ser servido no seu copo?!

Confira aqui as 6 tendências para os bares no Brasil em 2013 e fique atento!
Comente outras tendências que você ache que irão vingar nesse ano!

 

03 TENDÊNCIAS POSITIVAS

1 | Inspiração para Expiração: nenhum ser vivo desse planeta que respire consegue viver fora dessa máxima. Fato é que é necessário inspirar para expirar. E assim deve ser até o fim da vida. Inspira-se tanto quanto se expira, e qualquer um que faça mais um que o outro morrerá lentamente.

Em outras palavras… Crie menos receitas e estude mais. Fale menos e ouça mais. Ensine menos e aprenda mais. O resultado natural disso será uma mentalidade mais concisa, mais objetiva e menos suscetível a erros na hora de decidir que caminho ou ingrediente usar.mixellanybookshelf

 

2 | Abra os olhos para o mundo em que vive e viva nele: quando foi a última vez que você visitou o bar ao lado do seu? O Mercadão da sua cidade? O que você descobriu sobre os hábitos de consumo de bebidas do seu país no último ano? Até quando a caipirinha vai ser a nossa única referência de coquetéis em cardápios?

Em outras palavras… Descubra o seu cliente, a sua rua, seu bairro, cidade, estado e país. Descubra o seu país e pare de fazer mal feito o que se faz muito melhor em outros países. Conheça e construa a história da coquetelaria da sua região.

3 | Olá, sou o seu bartender e vou te servir a noite toda: se você trabalha atrás de um bar, preparando drinques, servindo e atendendo pessoas, prazer, você é um bartender. Nada é mais importante do que isso. Nenhuma nomenclatura, barchef, barmaster, mixologista, mixólogo ou qualquer coisa que inventem pode ser mais importante e honrosa do que ser um bartender.

Em outras palavras… Se preocupe muito mais em fazer um bom trabalho do que parecer fazer um bom trabalho. Não perca tempo em denominações, apenas atenda com excelência, competência e hospitalidade, e então fidelize seus clientes, como nosso querido Moe.bar_do_moe

 

03 TENDÊNCIAS NEGATIVAS

1 | Narcisismo como ingrediente amargo: não, não saia procurando no google que novo ingrediente é esse. Narcisismo é a capacidade de se apaixonar por si mesmo, acima de todas as coisas. Na ânsia de criar receitas espetaculares e históricas, muitos bartenders têm se perdido na sua própria auto confiança e transformado a experiência do cliente em algo extremamente egoísta. Nem sempre a casa em que você trabalha tem um público com o mesmo paladar que o seu.

Em outras palavras… Se você identifica que eles gostam de amargor, trabalhe em cima disso. Se há oportunidade de usar refrescância, infusões,técnicas modernas ou o que for, faça, mas sempre pensando no seu cliente, nunca no seu gosto pessoal. Na verdade, ele não importa aqui, importa apenas que você use toda a sua capacidade criativa para melhor atender o perfil do seu cliente.mr.mixologist

2 | Nem tudo o que é exótico e bizarro é bom: crusta de alfazema com queijo gouda desidratado? Infusão de ostras em gin genever orgânico? Xarope de rooitea com estragão e pitaia roxa? Ninguém disse que isso é ruim… Mas é bom?! É inesquecível? Com a alta procura por novas experiências sensoriais e harmonizações de ingredientes, muitos deslizes estão ocorrendo. Caso as novidades fossem testadas moderadamente, muitas combinações absurdas não seriam utilizadas, por bom senso.

Em outras palavras… Simplifique sua vida. Não saia dando tiros para todos os lados, mas aposte em uma ou outra receita que possa fazer o seu bar ser lembrado por ela e mantenha o foco. mr.mixologist2

3 | Tentativa frustrada de replicar receitas de 1800 e bolinha: resgatar drinques criados entre 1850 a 1930 foi o que dominou a cena nos últimos anos. Isso trouxe uma série de pontos positivos para os bares, é fato: maior conhecimento da história e cultura da coquetelaria (americana), maior incentivo ao estudo por conta dos bartenders e uma integração do passado com o presente da coquetelaria mundial. Porém, já deu. De tanto redescobrir receitas, já não restam receitas, e em breve os bartenders estarão resgatando receitas que sequer foram conhecidas na época, mas feitas uma vez e ponto.

Em outras palavras… Se você não tem bebidas da época, equipamento da época, clientes da época, não queira ser o barman da época. Vai parecer uma festa à fantasia em que só você foi fantasiado. Respeite a história e deixe-a imortalizada sem a nossa interferência.

HarryCraddock.SavoyHotel