Aprenda a preparar O Sabiá, drinque criado por Renan Tarantino para o Bartenders Ball 2017

renan tarantinoRenan Tarantino já pode ser considerado um veterano das coqueteleiras. Com quase uma década de balcões pela cidade de São Paulo, criou uma legião de bartenders admiradores de seu trabalho.

Já esteve em balcões como o Ramona, At Nine, The Sailor Pub, SubAstor, ICI Brasserie, Nakka, e agora, à frente do SkyHall, todos na capital paulistana.

Minha terra tem palmeiras, onde canta o Sabiá
As aves, que aqui gorjeiam, não gorjeiam como lá.
Nosso céu tem mais estrelas, nossas várzeas têm mais flores,
Nossos bosques têm mais vida, Nossa vida mais amores”.

Do belo poema “Canção do Exílio” de Gonçalves Dias, saiu a inspiração de Tarantino para criar a receita O Sabiá.

Ao conquistar o Bartenders Balls 2017, Renan Tarantino ganhou a oportunidade de conhecer a destilaria de Jameson, na Irlanda e disputar a etapa global com outros 39 bartenders de todo o mundo.

Aprenda a Receita

Renan TarantinoO Sabiá

75 ml de Jameson Irish Whiskey
Purê de Pitanga
1 colher bailarina de compota de abacaxi
30 ml de  suco de limão cravo
20 ml de falernum do Pará*

Em uma coqueteleira com cubos de gelo, coloque todos os ingredientes e bata vigorosamente. Sirva em um copo revestido de folhas de bananeira e decorado com casca de laranja bahia, flores e um pitanga.

*Falernum do Pará

Feito à base de castanhas do Pará, amêndoas, gengibre, imbiriba, puxuri, cravo, cumaru e cascas de limões. 100 g de castanhas do Pará fatiada + 50 g de amêndoas fatiadas 500 g de açúcar + 300 ml de água + 50 ml de cachaça envelhecida em umburana 50 g de gengibre fatiado + 4 cravos 15 g de imbiriba + ½ puxuri ralado 1 semente de cumarú ralada raspas de dois limões tahiti

Coloque as amêndoas e as castanhas numa panela, ligue o fogo baixo e mexa até ficarem levemente douradas, adicione a cachaça e mexa. Na sequência adicione os outros ingredientes menos as raspas de limão. Ferva em fogo baixo por dez minutos e depois desligue o fogo. Adicione as raspas, tampe a panela e deixe descansar de um dia para o outro. No dia seguinte passe por uma peneira fina.

Dica: aquecer novamente ajuda o xarope a passar fácil pela peneira.
Validade: Esse xarope dura um mês na geladeira.

As fotos foram clicadas pelo fotógrafo Léo Feltran

Aproveite e conheça a plataforma Clube do Barman, da Pernod Ricard