Aprenda a preparar o drinque do bartender Fernando Spolaor, Japanese Culture

fernando spolaor Japanese Culture é o coquetel inspirado nas tradicionais ruas do bairro da Liberdade, bairro turístico paulistano, reduto da imigração japonesa no Brasil e a maior colônia japonesa do mundo.

Mas antes disso, era um bairro de negros. Abrigou organização de ex escravos e descendentes como a Frente Negra Brasileira e mais tarde o Paulistano da Glória que foi um sindicato de domésticas que virou escola de samba e era liderado pelo sambista Geraldo Filme.

A presença japonesa no bairro começa em 1912 com os imigrantes japoneses residentes na rua Conde de Sarzedas, ladeira íngreme, onde na parte baixa havia um riacho e uma área de várzea.

Um dos motivos de procurarem essa rua é que quase todos os imóveis tinham porões. Os aluguéis dos quartos no subsolo eram incrivelmente baratos. Nesses quartos moravam apenas grupos de pessoas.

Para aqueles imigrantes, aquele cantinho da cidade de São Paulo significava esperança por dias melhores. Por ser um bairro central, de lá poderiam se locomover facilmente para os locais de trabalho.

De acordo com Fernando Spolaor, os ingredientes típicos da cultura japonesa foram escolhido para o coquetel é ele é servido em um pote de barro, uma menção a cultura negra que ali se estabelecia antes da chegada dos orientais.

Fernando Spolaor é bartender com experiência em bares como Pachá SP, Terraço Itália, Hotel Emiliano e Riviera Bar.

Aprenda a Receita

japanese cultureJapanese Culture

60 ml de sake
25 ml de suco de limão siciliano
15 ml de xarope de erva cidreira
0,2 g de pasta de wasabi

Em uma coqueteleira, coloque todos os ingredientes e bata vigorosamente  sem gelo (para dissolver o wasabi).
Na sequência, coloque cubos de gelo e bata novamente. Coe para um copo/cumbuca com cubos de gelo e finalize com uma fatia de limão siciliano desidratada e 2 ramos de erva cidreira torcida. Sirva com canudo.

Quer aprender outras receitas de bartenders brasileiros? Clique aqui.