Alabama Slammer e os drinques da Era Negra da Coquetelaria

O Alabama Slammer, foi criado em meados dos anos 70, aparentemente na Universidade de Alabama em um período chamado A Era Negra da Coquetelaria, ou Mixology Dark Age. De acordo com especialistas David Wondrich e Jeff BeachBum Berry, esse período se estende de 1967 a 1988. Nesse período reinaram coquetéis clássicos batidos no liquidificador, o início das grandes redes de bares e restaurantes pulverizando coquetéis a base de soda gun, extremamente frutados, cítricos e doces.

Os drinque mais consumidor foram algumas invencionices como Harvey Wallbanger, Fuzzy Navel e B-52, entre outros. O drinque está no livro The Craft of the Cocktail de 2002 escrito por Dale DeGroff, e ele justifica: “O drinque está no livro apenas porque eu era garçom e começando como bartender nos anos 70 e as pessoas simplesmente pediam o tal do Alabama Slammer.” Não é difícil de encontrar variações do Alabama Slammer assim como acontece com vários outros clássicos.

Na edição de 1971 da Playboy Magazine, o drinque aparecia como Amaretto, Southern Comfort, sloe gin e suco de limão. Já no livro de 1984 Mr. Boston Official Bartender’s Guide a receita misturava Amaretto, Southern Comfort, sloe gin e suco de limão siciliano. E a versão de Dale DeGroff para o seu livro combina vodka, Southern Comfort, sloe gin e suco de laranja fesco, além de grenadine.

Se você está se perguntando, mas o que é esse tal de Sloe Gin que estamos falando, fica aqui uma definição rápida. O gin tem mais estilos do que o London Dry Gin, o mais famoso. Sloe Gin é mais um desses estilos. Após a última destilação, com zimbro, a bebida é macerada (deixada paradinha com um sólído dentro) com sloeberries, essa baga típica da Inglaterra que está aqui embaixo. Ao fim, é adicionado açúcar e temos um tipo de licor de gim.

Leia a entrevista exclusiva de Dale DeGroff para o Mixology News

Aprenda a Receita

Alabama Slammer

30 ml de vodka
22 ml de Southern Comfort
22 ml de sloe gin
120 ml de suco de laranja fresco
6 dashes de grenadine

Bata todos os ingredientes em uma coqueteleira com gelo (menos o grenadine).
Coe para um copo longo com gelo e finalize com o grenadine por cima.
Sirva com canudo.
Opcional, sirva com uma fatia de laranja e se quiser uma cereja e calda.

Conheça outros clássicos e aprenda a prepará-los aqui