O Brandy Crusta foi o primeiro Drinque do Baú a utilizar o suco de frutas cítricas em sua composição, o resto é história.

brandy-crustaNuma época em que os bartenders davam seus toques pessoais e elaborados nos coquetéis um certo Joseph Santini destacou-se da multidão não apenas ousando com a adição de um ingrediente inusitado para a época como também com uma belíssima apresentação de seu Brandy Crusta.

Já falamos que um Cocktail é uma mistura de destilado, açúcar e bitters e o mais famoso de todos é o Old Fashioned e o Vieux Carré. Este recebe seu nome por ser o estilo mais tradicional e simples, diferente dos Fancy Cocktails que utilizavam dashes de licores como curaçao ou absinto para adicionar complexidade além de serem decorados com casca de limão, algo nas linhas de um Sazerac, por exemplo.

O coquetel criado na década de 1850 no French Quarter foi um marco não apenas no ponto de vista de novos ingredientes e possibilidades de balancear uma receita, mas também um marco em apresentação visual. Diferente dos copos baixos lisos e sem gelo ou decoração, o Crusta é servido em um taça, com uma borda (crosta) de açúcar e uma vistosa casca de limão ao redor do copo.

Buscando equilibrar o doce dos licores não somente com o amargor dos bitters, mas também com a acidez do limão foi possível visitar lugares inexplorados na coquetelaria ainda antes do primeiro livro de coquetelaria ser publicado em 1862.brandy-crustaDentro do mundo de opções dos cocktails, fancy cocktails, juleps, cobblers e slings a adição de algumas gotas de limão feita por Santini em seu Brandy Crusta abriu portas para toda uma infinidade de coquetéis modernos como Margarita, Mojito e Cosmopolitan.
Inclusive a linhagem do Brandy Crusta segue com clássicos inovadores como o Sidecar, Margarita e até o Cosmopolitan!

Talvez por sua apresentação extremamente elaborada e laboriosa e seu paladar intermediário entre um cocktail e um sour o Crusta tenha perdido sua popularidade, mas em nada este fato desmerece sua grande contribuição para nossas receitas atuais.
Além de ser inspiração para sempre buscarmos uma solução diferente para balancear receitas e belas apresentações que destaquem todo o trabalho colocado na elaboração de uma receita.

brandy-crustaApresento uma receita com medidas para este delicioso clássico esquecido.

60 ml Brandy ou Cognac
5 ml licor Curaçao
5 ml xarope simples
5 ml suco de limão siciliano
2 dashes Angostura bitters

Misture todos os ingredientes com gelo e sirva em um copo com borda de açúcar e uma vistosa casca de limão na borda.

A utilização do licor de Maraschino deu-se apenas após sua introdução no mercado americano no final do século XIX. Substitua o Curaçao pelo Maraschino para ter um coquetel mais seco e complexo.

Também é um bom momento para lembrarmos do uso de gotas em coquetéis.
Seja gotas de bitters, limão ou até mesmo sal!

Aproveite esta época de fim de ano para tomar um Brandy Crusta e refletir sobre como você esforça-se para trazer propostas inovadoras, factíveis e deliciosas para o seu trabalho.
Um brinde a Joseph Santini!