Meza Bar lança a Coleção Essência, nova carta de drinques que já conquistou o primeiro prêmio na Cidade Maravilhosa

Inspirada em uma viagem sensorial através de sabores regionais e combinações inusitadas, a carta de drinques composta por 11 assinaturas traz temas como a antropofagia, a sensorialidade e o modernismo para surpreender os clientes habitués com cores vibrantes, texturas variadas e apresentações empolgantes.

cred-andre-rodrigues-e-eduardo-muruciA nova coleção segue o DNA da casa, “Tropical Pop”, algo como a conexão de novos sabores com uma lembrança de sabor típica brasileira em uma experiência única de consumo, o mesmo DNA que colocou a casa por diversas vezes como maior vencedora das cartas de drinques do Rio de Janeiro na última década.

Ao todo, 22 ingredientes foram escolhidos para compor a experiência multissensorial dos drinques, entre eles massala, jambu, pequi, pitanga, cupuaçú, wassabi, cumarú e beterraba.
Uma das receitas mais surpreendentes da coleção é o Jaipur, ao lado, que combina gin Tanqueray em infusão de massala, beterraba, angostura e limão e é finalizado com pó dourado.
A receita é uma homenagem à conhecida cidade rosa da Índia.(R$ 33).
O drinque abaixo homenageia um personagem esquecido da história etílica carioca, João Gato, que no início de 1900 foi preso nas proximidades da Candelária, no centro carioca, por “portar uma garrafinha de cachaça”.
A receita combina Cachaça Nega Fulô Carvalho em infusão de café, licor de café 1727, melaço de cana, suco de limão tahiti e fumaça de canela, servido em um vaso de barro rústico (R$ 27). andre-rodrigues-e-eduardo-muruciAbaixo, o Savana 55, que harmoniza sabores regionais brasileiros com vodka Ketel One em infusão na pressão de cumarú, licor de pequi do cerrado, shrub de cajú e limão. (R$29).
Ele é servido embalado em uma folha de bananeira e com perfume de cumarú. _-cred-andre-rodrigues-e-eduardo-murucicred-andre-rodrigues-e-eduardo-muruciO Jeannie G é a receita que ilustra este post, servida em um vaso azul e inspirado no gênio da lâmpada, combina vodka Ketel One em infusão de semente de guaraná, abacaxi fresco, vermute tinto, licor Strega e óleo saccharum de limões (R$ 29).

Já o Tsuru, drinque ao lado, é um convite a viajar pelos sabores orientais, com a delicadeza de um tsuru, ave sagrada japonesa, sobrevoando o seu coquetel. A receita é refrescante e leve e mistura saquê, xarope artesanal de beterraba, melão, wasabi e limão (R$ 27).

Além das novidades etílicas, o bar que já foi considerado pela revista inglesa Wallpaper um dos 40 motivos para visitar o Brasil,  lançou em colaboração com o bartender Laércio Zulu, o Meza Bitter, uma edição especial que traz notas especiais de aroeira e de castanha de cajú.

A carta, lançada em outubro de 2016 já conquistou o prêmio de Melhor Carta de Drinques da cidade do Rio de Janeiro pelo Rio Gastronomia junto com o recém chegado bar SubAstor.


MEZA BAR
end: Rua Capitão Salomão, 69, Humaitá – Rio de Janeiro
hor: dom/qui: 18-01h | sex/sab: 18-03h | brunchs de sáb/dom: 11-18h tel: (21) 3239-1951
preço dos drinques: $$$
capacidade: 80 lugares
serviço: aceita reserva/ valet-manobrista / ar condicionado / área para fumante
site: www.mezababar.com.br
facebook: www.facebook.com/mezabar
[codepeople-post-map]