Uma lista das bebidas que fazem falta no Brasil

Quantas vezes já ouvimos dizer ” Ah, porque essa bebida não chega no Brasil!” ou “Quando eu for pra fora, vou tomar um porre disso e daquilo!”.

Então pensando nisso, preparamos uma lista de cinco bebidas que fazem falta nos bares brasileiros?

São tantas bebidas disponíveis que mal conseguimos começar, mas, na sua próxima viagem ao exterior, não esqueça de passar no FreeShop e ver se encontra alguma dessas belezinhas.

E você, qual bebida acha que merecia estar nessa lista?

Lillet Aperitif

LILLET APERITIF

Lillet é um famoso aperitivo francês, ou mais precisamente um vermute. Quando lançado em 1895 na Europa, foi chamado de um vinho tônico, com uma pequena adição de quinino, levando assim o nome de Kina Lillet.

No Vesper Martini de James Bond meia parte de Kina Lillet era acrescentada, porém essa bebida, que fez muito sucesso no começo do século passado não é mais produzida. Atualmente, existem duas variações de Lillet: a versão branca e a tinta.

Lillet Blanc: 85% de uvas Sauvignon Blanc, Semillon e Muscadelle e 15% de destilado com maceração de diferentes laranjas da Espanha, Marrocos e do Haiti.

Lillet Rouge: 85% de uvas Merlot e Cabernet Sauvignon e 15% de destilado com maceração de diferentes laranjas da Espanha, Marrocos e do Haiti.

Tanto o Lillet Blanc quando o Rouge poderiam ser utilizados em qualquer receita que leve vermute.
E sim, ele faz muita falta no Brasil.

Italicus Rosolio

ITALICUS ROSOLIO DI BERGAMOTTO

Lançado em 2016 no Hotel Savoy, de Londres pelas mãos de Giuseppe Gallo, eleito melhor embaixador de marcas do mundo pelo Tales of The Cocktail, o Italicus Rosolio di Bergamotto causou enorme barulho na comunidade de bartenders desde seu nascimento.

Tanto é que conquistou em 2017 o prêmio de Melhor Novo Destilado ou Ingrediente, novamente do Tales of The Cocktail.

Rosolio é um estilo de licor típico italiano feito à base de pétalas de flores, especialmente rosas e que aos poucos foi se perdendo no tempo até mal ser reconhecido pelos bartenders. A missão de Giuseppe foi redescobrir essa categoria e trazer à tona um novo produto para o mercado.

Giuseppe se empenhou em traduzir a arte, arquitetura e poesia italiana em forma líquida. O resultado, é um licor destilado na cidade de Turim com bergamotas da Calabria em 20% de graduação alcoólica.

Na composição do Italicus, além da bergamota da Calabria, limões da Sicília, lavanda, rosas, camomila, melissa e genciana dão as notas principais de aroma e sabor.
italicus

Peychaud’s Bitter

PEYCHAUD’S BITTER

O segundo bitter mais conhecido do mundo, ficando atrás apenas do clássico Angostura.

A marca existe desde 1838 e provavelmente fez parte do primeiro coquetel da história, o Sazerac, à base de Rye Whiskey, Herbsaint ou Absinto, Peychaud’s e um cubo de açúcar.

Aprenda a preparar um Sazerac aqui

É inadmissível que um país como o Brasil ainda não tenha a distribuição de produto de tamanha importância. Cada vez mais o público vem se interessando por paladar mais amargos, e é imprescindível que alguma empresa resolva essa situação o mais rápido possível. Ele pode ser comprado pela Sazerac Company, nos EUA.

Grand Centenario Tequila

GRAND CENTENARIO ROSANGEL HIBISCUS TEQUILA

Cinco de Mayo é a data mais importante do calendário mexicano, pois consagra o povo mexicano e a sua vitória na batalha de Puebla em 1862. Também é a data de lançamento de um grande representante etílico mexicano, a Grand Centenario Hibiscus.

5 coisas que você deveria saber sobre a tequila

Essa tequila é reposada por 4 meses em barril de vinho do Porto, depois macerada em flores de hibisco até ganhar coloração rosada. A experiência é única.

O aroma floral no nariz, na boca o primeiro impacto de baunilha, que logo é dominado pelo hibisco e pela ardência dos 40% de álcool de agave fresco.

Jim Beam Red Stag

JIM BEAM RED STAG

Jim Beam Red Stag é um bourbon de 40% de graduação alcoólica com quatro anos de envelhecimento e uma infusão natural de cerejas negras.

Lançado em 2009, não é só a combinação de sabores que impressiona, mas a qualidade da infusão feita pela marca, que entrega num bourbon clássico tamanha profundidade de sabor com as notas adocicadas e frutadas.

Cerejas negras frescas, uma lembrança de canela e uma nota madura que é pertinente ao barril de carvalho. Para os puristas, sim, vão achar um tanto adocicada, porém é uma oportunidade de provar a bebida em outras formas.red stag