Moustache Pomme é o drinque de criação do bartender Paulo Corghis

Paulo Corghis

Para criar seu drinque autoral Paulo Corghis buscou inspiração na Idade Média e na música de artistas contemporâneos. Aprenda o drinque aqui.

Paulo Corghis explica a inspiração da sua receita: “Este coquetel foi um criação inspirada também na cantora francesa Pomme e na música Beatle George abaixo, cantada pelo brasileiro Júpiter Maçã.”

“O elemento oriental e defumado do chá Lapsang Souchong, um chá preto produzido na China. A sua característica principal é o sabor defumado resultado da sua secagem sobre fogo de madeira de pinho) remete ao charuto que harmoniza muito bem com cognac.” conclui o bartender.

Paulo ainda conta que a receita tem uma base histórica como parte do processo criativo que influenciou muito suas decisões.

O cenário se concentra nas Corte Real da França e Inglaterra da Idade Média, os Reis Henrique VI, Rei Eduardo III, Joana D’Arc e a disputa pelo poder que ocorria naquele momento histórico.

Paulo Corghis que é formado em Publicidade e com pós graduação em Adm. Hoteleira, comandou as coqueteleiras do Finnegan’s, reconhecido pub inglês em São Paulo foi chefe de bar do Camdem House, gastropub com espírito britânico localizada no Itaim Bibi, SP.

Ouça abaixo o som que inspirou Paulo à criar seu drinque Moustache Pomme.

 

Aprenda a Receita

Moustache PommeMoustache Pomme

50 ml de Cognac Martell VSOP
25 ml Grand Marnier Rouge
40 ml Lapsang Souchong
4 pedaços de maçã em calda

Em uma coqueteleira amasse quatro pedaços de maçã ainda quente. Adicione o cognac, o Grand Marnier e o chá ainda quente e bater a seco (dry shake).

Passe tudo para um copo de cognac, com os pedaços de maçã amassados mesmo e sirva como guarnição três fatias de maçã. Coloque numa base com uma colher de chá para poder comer a maçã macerada no fundo do copo.

Este coquetel deve ser servido morno em um copo de cognac com os pedaços da maçã em calda.

Para a maçã em calda
½ kg de açúcar cristal + ½ litro de água + 5 maçãs
Descasque as maçãs e as pique em fatias. Faça uma calda do açúcar cozinhando as maçãs picadas e sem casca. Quando as maçãs estiverem “amarelas e moles”, retirá-las da calda rapidamente para que não absorvam tanto açúcar e fiquem muito doces.

Quer aprender outras receitas de bartenders brasileiros? Clique aqui.