Conheça quem são os finalistas do MIB Bombay Sapphire de 2017 e os jurados que participaram

Se tem uma tarefa que não é fácil é escolher, é julgar drinques de especialistas.
Ainda mais num campeonato com dezenas e dezenas de competidores, criando receitas uma mais inovadora que a outra.
Essa foi a grande tarefa de quatro bartenders brasileiros convidados para julgar o MIB2017.

Para deixar a disputa ainda mais interessante, e ao mesmo tempo isenta de interferências, todos os jurados receberam as receitas brasileiras sem saber o nome ou o bar do dono do drinque. Assim, poderiam votar apenas no quanto cada uma das receitas lhes agradava ou não.

O time de jurados foi composto por experientes bartenders brasileiros que vivem e trabalham no exterior. Conheça um pouco da história deles aqui:

Flavi Andrade

Foto Pedro MenaFlavi Andrade, 39, 10 anos fora do Brasil é hoje bartender do Guarita Terrace, na Praia Verde em Portugal.

A bartender acredita que uma das maiores diferenças entre a coquetelaria portuguesa e a brasileira é o acesso aos produtos. Aqui na Europa temos os principais licores, destilados e bebidas com mais facilidade e com preço possíveis.
O que acompanho do mercado brasileiro é que devido aos impostos e altos preços custa muito ter alguns produtos na prateleira.
Flavi espera que os coquetéis apresentados no MIB2017  possam seduzir. Que o competidor consiga sair da caixinha para também tirá-la também da sua caixinha.

Guilherme Lacerda

Guilherme Lacerda - CREDITOS FOTO Foto Pedro Mena d dGuilherme Lacerda
, 39, 10 anos fora do Brasil é hoje bartender do Guarita Terrace, na Praia Verde em Portugal.Maior parte do tempo de balcão de Guilherme foi na Espanha, e há 3 anos é bartender em Portugal.

Guilherme acredita que a interação com outros países europeus, com suas diferenças, culturas, sabores e estilos é a grande diferença entre a coquetelaria européia e a brasileira.

O bartender se inspira no seu entorno para apostar nas suas criações. Artesanato, gastronomia, artes e outras experiências para aplicar a sua criatividade.

Igor Pachi

igor pachiIgor Pachi
, 36, 10 anos fora do Brasil, é hoje um dos embaixadores de Bacardi-Martini na Austrália

Para Igor, construir uma linha de processo criativo para criar receitas depende muito de experiência de vida, da infância, conhecimento de história, cultura e de ingredientes.

“A criatividade é um dos principais ingredientes para a sua própria evolução profissional, pois não é fácil criar novas coisas de acordo com demandas.” afirma o bartender.

Igor espera encontrar no MIB 2017 receitas criativas, balanceadas, com boa apresentação e um processo criativo e conceitual sólido que dê suporte ao coquetel apresentado.

Nando Imamura

nando inamuraNando Imamura
, 35, 16 anos fora o Brasil, fez carreira de bartender em bares de Hong Kong, Japão e Austrália

O bartender brasileiro esteve atrás dos balcões de diversos bares asiáticos como o ID Bar (Japão), Home the Venue, Blue Beat, Spice Cellar e Uncle Mings (Austrália) e Djiboutii e Belon (Hong Kong).

Para criar suas receitas, Nando gosta de se inspirar na diversidade de pessoas, nacionalidades, turismo e sua gastronomia local.

Nando acredita que no MIB2017 encontrará receitas surpreendentes, inovadoras, algumas um tanto malucas mas com um contexto.

 

De acordo com Tony Harion, embaixador de Bacardi Brasil, a missão do Most Imaginative Bartender é reforçar a ligação histórica de Bombay Sapphire com a arte e inovação, incentivando os bartenders a pensar um coquetel como uma tela em branco, cheia de possibilidades, em que a imaginação e a criatividade podem e devem correr juntas.

“Esperamos que o nível das apresentações supere as do ano passado, tanto na questão da criatividade, quanto em diversidade e criação. Nós, profissionais da coquetelaria, como qualquer outro artista, precisamos de criatividade, e o brasileiro tem isso de sobra. Não é à toa que tivemos um entre os três melhores na final regional do ano passado”, afirma Tony, que mais uma vez será anfitrião da etapa nacional da competição.

Conheça os Finalistas
Com vocês, os finalistas do Most Imaginative Bartender 2017 de Bombay Sapphire!

Edson Maia Jr. – Riviera Bar – SP
Fabian Martinez – Creative Bar – RJ
Gregg Ferreira Pinto – Garoa Bar – RJ
Leonardo Peralta – Alessandro e Frederico – RJ
Nicola Bara – Teto Solar – RJ
Raul Dias – Silo Bar – SP
Tom Oliveira – Cadillac Burger – SP
Wanderson de Sá – La Macca – SP

Foram quatro representantes de São Paulo e quatro do Rio de Janeiro mostrando o equilíbrio entre as duas cidades competidoras.
Tom Oliveira, que ficou com o vice campeonato em 2016, com o seu drinque Oiapoque ao Chuí Punch também é surpresa ao passar para a final novamente.

A partir de agora, os finalistas se prepararão para apresentar as suas receitas em uma grande final nacional, realizada daqui um mês na cidade de São Paulo, com jurados presenciais.
É lá que conheceremos o vencedor do MIB2017 que representará o Brasil na etapa regional!
Parabéns à todos que participaram e sucesso aos finalistas!