Conheça o Club 33, um speakeasy verdadeiro criado em 1967 dentro da Disney

Desde que inaugurou, em 1955, a Disneyland Park , o maior complexo de entretenimento do mundo sempre despertou desejo na grande maioria das crianças que assistiam os filmes dos estúdios Walt Disney. O que ninguém imagina é que escondido nesse mundão de diversão existe talvez o mais inesperado speakeasy de todos. Para entender o Club 33 é preciso conhecer o tamanho da Disney, vamos lá. Os visitantes, que no primeiro ano somavam apenas 1 milhão de pessoas não pára de crescer e atingiu em 2013 incríveis 16.2 milhões de visitantes.  Apenas para comparação, o Brasil recebeu em 2016 o recorde de 6,6 milhões de turistas estrangeiros. Para tanto, é preciso de uma estrutura enorme para atender tantas pessoas. São mais de 300 pontos de alimentação em todo o espaço. Alguns são restaurantes, outros lanchonetes e uns bares. Selecionamos alguns bares que foram criados em homenagem à algum filme de sucesso. Be Our Guest – inspirado no A Bela e a Fera, tem estilo francês (foto abaixo)Interior do grande Salão de Baile no restaurante Be Our Guest na New Fantasyland no Magic Kingdom Park AbracadaBar – para os fãs de ilusionistas, truques e mágicas Jock Lindsey’s Hangar Bar – hangar dos anos 1940, que se tornou um bar do piloto de Indiana Jones (foto abaixo)Jock Lindsey's Hangar BarSafari Bar – na entrada do Animal Kingdom, com tema de animais africanos Bongos Cuban Café – inspirado em Havana, capital cubana durante os anos 50 (foto abaixo)Vista panorâmica de um bar colorido inspirado em Cuba com bancos de bar coloridos no formato de tambores bongo Os segredos da Disneyland são tantos que não se trata apenas de um bar escondido. O Utilitor é um complexo de túneis que interliga toda a extensão da Disney. A ideia foi do próprio criador do parque, Walt Disney. utilidor disneyland speakeasyIsso ajuda com que a equipe de trabalho possa circular livremente pelo parque. Além de que em caso de emergência, é possível chegar mais rápido. É lá que fica o núcleo de monitoramento dos principais sistemas do parque, como iluminação, segurança, abastecimento, etc. É proibido tirar fotos do local, embora, parece que alguém fantasiado de Mickey resolveu aprontar uma.

Club 33 – Speakeasy
  O visionário Walt Disney teve uma brilhante ideia em 1960, quando percebeu que o número de visitas de patrocinadores e personalidades de alto escalão só aumentava na Disney. Resolveu convidar os decoradores dos sets de “E o Vento Levou” para criar o ambiente do Club 33, um bar exclusivo dentro do parque. E em 15 de junho de 1967 foi inaugurado o Club 33, o speakeasy da Disneyland.club33Por décadas e décadas, o número 33 localizado na porta de um casarão na New Orleans Square, passava desapercebido pelos visitantes do parque. Porém, rumores começaram a questionar a atividade que acontecia alí até que a direção do complexo achou melhor deixar tudo claro. Para adentrar ao bar de Walt Disney, é preciso ser um membro do clube. E, de acordo com fontes ouvidas pelo jornal ABC , é preciso desembolsar 25 mil dólares de inscrição e 10 mil dólares de anuidade. Se quiser ter status de membro executivo platinum, é fácil. Só desembolsar 100 mil dólares e 25 mil dólares em inscrição e anuidade. O problema é que, acredite, a fila de espera está por volta de 15 anos. Ao que parece, além de serviços exclusivos, direito a shows e atrações únicas, o local é recheado de raridades que fizeram parte da história da Disney, como estátuas de personagens clássicos e fotografias tiradas no velho escritório de Walt Disney.