O Home SP é quase secreto, quase na Rua Augusta. Se você passar desatento, não percebe esse belo bar da região.

Aberto a apenas um ano, o Home SP vem se tornando cada vez mais importante e necessário dentro da cena underground de bares paulistanos. Quase ao lado do seu irmão mais velho, o Hotel Bar, a pequena porta localizada na Rua Matias Aires convida o público fiel da região para uma experiência inesperada na multidão de mesas para fora e cervejões compartilhados.

A carta foi criada inicialmente por Tom Oliveira, bartender que esteve à frente do bar e conhece a região e o público local como poucos. Já esteve em balcões conhecidos do Baixo Augusta como o saudoso Vegas, Lions, Alberta#3 e Tex. Tom foi um dos finalistas do Most Imaginative Bartender 2016, campeonato realizado pela Bombay Sapphire em todo o mundo. Para o bartender o bar se mescla com a cena local, tendo uma identidade rock n roll. Direta, sem frescura, mas com qualidade.

Hoje a casa está sob comando do jovem e competente bartender Felipe Pennafiel resgatado do Hotel Bar, ao lado do Home SP e do mesmo grupo. Um dos atrativos da nova carta é a identificação da graduação alcoólica em cada receita, como você verá mais abaixo.

Fazendo twists em clássicos, Tom apresenta algumas releituras, a começar pelo Boulevardier (um Negroni com bourbon no lugar do gin), que é carinhosamente chamado de Boulevardielson (R$ 30) e está na imagem ao lado, uma equilibradíssima combinação de um blend de rum e bourbon envelhecidos em umburana, vermute temperado na casa, Campari e Angostura. 20%alc.

Outra opção é o Bloody Mary’s Home, (R$30), com vodka infusionada com bacon, suco de tomate artesanal, picles, pepino e cebolinha conservada no mezcal. 15%alc.

Os drinques com cerveja infelizmente ainda são pouco explorados pelos bartenders brasileiros, mas tem lugar cativo na carta do Home SP com três opções.

O Bushwick (R$ 30) é feito de bourbon, limão tahiti, clara de ovo, cumaru e Brooklyn Brown Ale. 20%alc. Na imagem ao lado, o Zorro (R$30) mistura  tequila silver, mezcal, suco de limão, tintura de sal e Brooklyn Vienna Lager. 15%alc.

Para simplificar, a casa escolheu usar apenas dois preços para todos os coquetéis. 25 reais ou 30 reais.

Preços acessíveis e práticos tornam a carta ainda mais atrativa. Mais leve e refrescante, porém bem alcoólico é o Virgílio (R$30) ao lado, à base de gin Virga, vermute dry, licor St. Germain, e bitter de lavanda.28%alc.

De acordo com Tom, quando iniciaram o projeto em julho passado, a ideia era apresentar uma coquetelaria mais acessível ao público jovem da Rua Matias Aires, onde o preferencial era por cervejas.

O cardápio inicial era composto por coquetéis cítricos e frutados, de fácil assimilação. Tom conclui: “Para essa nova carta, nos baseamos em clientes mais exigentes que começaram a se tornar amigos da casa e optamos por um trabalho mais educativo na parte experimental. Entraram os amargos, mais opções de gins, coquetéis sem álcool e opções totalmente autorais, para gerar uma experiência mais complexa ao público.”

Exemplo dessa complexidade toda é o Grannie Coffee (R$ 30) ao lado, que combina bourbon, licor de café da casa, leite de castanha e marzipâ. 25%alc. Enquanto degusta os coquetéis, vá de Farm House Burger  ao ponto bem preparado pela casa com batatas fritas e aproveite a trilha que combina perfeitamente com a atmosfera historica da região.



HOME SP

endereço: Rua Matias Aires, 94, Consolação – São Paulo
horário: ter/qui: 17-00h | sex/sab/dom: 17:30-01h tel: (11) 96419-9039

preço dos drinques: $$
capacidade: 60 lugares
serviço: aceita reserva / ar condicionado / área para fumante

site: www.facebook.com.homebarsp
facebook: www.facebook.com.homebarsp
[codepeople-post-map]